NÃO FORCE A SUA NATUREZA

A jornada de cada alma é única em relação à aceitação de suas experiências. A velocidade de sua ascensão também depende do entendimento e da aceitação de suas experiências.

Durante a jornada de cada alma, ela vai aprendendo quais pensamentos, palavras e ações lhe trazem boas ou ruins reações, que podem lhe retroceder, estagnar ou avançar na senda evolutiva, que é o retorno à Fonte.

Mas em relação aos pensamentos, palavras e ações, o que vale mesmo é a emanação das energias pela INTENÇÃO! Não adianta você agir de maneira bondosa, se a sua intenção é, na realidade, contrária. A ALMA pode enganar as outras, mas não a emanação energética.

Então, não adianta se enganar, ou seja, fazer tudo achando que está fazendo o “bem”, se a sua natureza ainda não atingiu um nível, digamos, de natureza divina. Não adianta fazer o bem por conveniência!

Também não se deve condenar se ainda lhe aparecem pensamentos “ruins”, destrutivos, trevosos, que deflagram palavras ou ações que machucam outras almas. Já é um avanço saber quais são os pensamentos, as palavras e as ações que emitem energias deletérias. Lembrem-se que toda energia emitida, parte volta para a fonte emissora.

Lembrem-se, queridas almas, que só esse conhecimento já é um grande passo. Quantas almas existem dentro de sua própria família, no seu rol de amizade, no ambiente do seu trabalho, que não têm a menor noção que emitem energia a cada movimento, a cada instante. Almas que só pensam nelas próprias, não por serem más, mas por crerem que só se defendendo, conseguem “sobreviver”! E isso nem é por culpa delas, pois muitas vezes assim foram “educadas”!

Então, cada alma vive de acordo com o seu conhecimento, com o que andou aprendendo em outras experiências encarnatórias, que ficam ”anexadas” no seu “arquivo akáshico”, imantado em seu DNA astral. Então, tudo o que cada alma aprendeu em “vidas” passadas tem o potencial de despertar a cada encarnação. É aquele “Aha” que aparece assim, do nada! É aquele impulso de correr atrás dos conhecimentos que, na maioria das vezes, não estão lhe sendo passados!

Às vezes, se a alma vem em missão e o seu “despertar” não foi completo, há a intervenção dos seus Guardiões ou até de “Irmãos Cósmicos”!

Tudo segue um planejamento, mas que nem sempre se consegue cumprir, uma vez que nesse mundo em que estamos “vivendo”, existe o Livre-arbítrio, que é simplesmente as reações de cada alma aos acontecimentos planejados antes de cada encarnação.

Então, não force a sua natureza, pois cada alma tem um ritmo evolutivo, que pode variar em cada encarnação!

Só para explanar de uma forma mais palpável, vou citar um exemplo de uma ação que faz mal ao corpo e a própria alma (entre muitos outros), dependendo se conseguir ou não se livrar dela. Posso falar com autoridade, pois aconteceu comigo. É o ato de fumar. Eu consegui, faz mais de 26 anos.

O fumo, como comprovado cientificamente, faz um grande mal ao corpo que habitamos, mas grande parte dos fumantes não abandona esse vício, pois o ato de fumar da um grande prazer MOMENTÂNEO, assim como todas as drogas. Somente se conscientizando verdadeiramente, ou quando o organismo dá um aviso definitivo, o viciado consegue se livrar do vício do prazer momentâneo. E o pior para as almas viciadas, é que se desencarnarem com qualquer vício, elas carregam essa dependência para sua vida astral, o que lhes acarretam algumas consequências, dependendo do atendimento que cada alma “consegue” ter e aceitar.

Então, assim como o vício do fumo, existem quase que infinitas experiências que TODAS as almas passam, não só aqui na Terra, como pelos diversos planetas dos universos, e somente passando por elas que vamos evoluindo e galgando os degraus da escada evolutiva.

Portanto queridas almas, não olhem para as outras almas, ou mesmo para vocês, como superiores ou inferiores, pois somos todas iguais, diferenciando somente na quantidade de aprendizado que cada uma teve na sua senda de volta à FONTE.

Simples assim.

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.