O DIFÍCIL DESPERTAR

Almas queridas

Eu poderia começar a escrever como as irmãs/almas Cósmicas começam, dizendo “Almas amadas”, mas hoje quem escreve sou eu, Bill Shalders, e não o meu Eu Superior, ou o Comandante Amirom. Eles, sim, é que sabem amar a todos, indistintamente, com o amor incondicional, mas eu ainda estou aprendendo a amar a todos. Ainda amo sob certas condições, mas já entendo cada uma das almas, e para amar falta um tantinho bem pequeno.

Pelo menos já atingi o nível da sinceridade, sendo dificílimo mentir. Hoje, quando muito consigo omitir, e se omito é ainda para não ferir alguém, pois vivemos num mundo onde a vibração é muito baixa, e estamos muitos suscetíveis a nos magoar por qualquer coisa. Precisamos aprender a receber, absorver, sem devolver, mesmo que sejam críticas infundadas.

E eu comecei a escrever pensando num tema e acabei me enveredando por outro. Então meia volta e continuemos a tentar falar sobre os novos despertamentos.

Eu sei que despertar para as verdades espirituais e, principalmente para a sua verdade, nesse mundo não é coisa fácil! Falo por experiência própria. De repente você acorda num mundo totalmente diferente, ou se descobre diferente do que achava que você era, e essa diferença começa a lhe excluir da vida considerada normal! Mas antes que eu me esqueça de dizer, a vida normal é a que descobrimos ao despertar, pois a que vivíamos era, e ainda é, uma pura ilusão!

Pois é, no meio desse artigo, tudo começa a mudar, e passo a escrever uma mensagem em vez de artigo, e amando a todas as almas, pois minha frequência foi aumentando, propiciando a aproximação de uma energia de alta vibração!

Talvez eu descubra qual seja essa assinatura energética que me rodeia. Mas voltemos para a, agora, mensagem.

Mas antes vou aproveitar esse gancho para informar que a fronteira entre as realidades é tênue, assim mesmo, quando atingimos uma alta frequência vibracional. Fica aqui mais uma informação, só para demonstrar que nada é impossível para qualquer um quando entra no estado vibracional do amor incondicional! Você que se acha incapaz de atingir esse estado, saiba que não é! Entre num estado de quietude emocional, medite, ouça uma música relaxante, como estou fazendo agora (só escrevo ouvindo um mantra ou uma música relaxante), e sentirá uma diferença de realidade.

Então, de repente você se descobre pensando: “e agora que eu descobri que não sou igual aos habitantes da Terra? Que sou um emissário da luz, um voluntário para encarnar aqui, sem a necessidade de encarnar para evoluir?”

Primeiro deixa eu lhe aterrar novamente. Mesmo sendo um Mestre que se voluntariou para encarnar como um terráqueo, você hoje está um terráqueo, assim como cada um dos encarnados num corpo humano, sendo ou não um Mestre. E todos os encarnados vieram para evoluir. É a missão de cada um, e repito, sendo ou não um Mestre!

As almas que vieram somente aprender na escola Terra a evoluir, tem que despertar para essa realidade. Saber que é um espírito estudando as lições que esse planeta lhe oferece, e aprender a amar, como o maior Professor o fez, que foi Jesus, para nós do ocidente. Ame a Deus e ao próximo como a si mesmo! Essa é a maior lição!

Mas as almas que vieram em missão, além de reaprender essa lição, tem também que cumprir a missão para qual se voluntariaram!

Mas não se assuste recém desperta, você não tem que sair pregando, orientando, ou fazer qualquer ação de “missionário”, tal como ensinar o que é a vida, a ascensão, ou coisa similar! Você tem que apenas ser o que você descobriu que é! Uma alma vivendo na Terra, como missionária voluntária, e principalmente, uma Centelha Divina, assim como todas as almas viventes, aqui ou em quaisquer outros orbes pelo Cosmos.

É normal ter a curiosidade de descobrir o que nos parece um mistério, mas isso é uma questão pessoal, então faça as suas buscas, leia, reaprenda tudo o que a sua alma já sabia antes de encarnar aqui nesse lindo planeta azul, o qual a civilização explora além do que deveria, e ele vai reagir. Mais isso é tema para outra mensagem.

É essencial meditar? Eu diria que não, mas ajuda e muito, principalmente no início da busca espiritual, pois ajuda a elevar a sua frequência, e com a vibração mais alta, você consegue ter um melhor acesso a sua própria biblioteca interior. Eu digo isso porque existem muitas almas que não conseguem meditar, e se acham inferiores, ou que não ascensionarão por não meditarem. Esquece isso! Se fosse assim, um percentual mínimo iria ascensionar, pois poucos o fazem. Mas se você quiser pode ter uns minutos de calmaria. Sente num lugar calmo, onde não será interrompida, ponha uma música calma, e relaxe, não pense em coisa alguma, só observe a sua respiração, sem quaisquer preocupações. Se aparecer, pense, “eu e a Fonte somos um e resolveremos isso na hora certa”! E siga no seu silêncio

“Devo sair anunciando as minhas descobertas”? NÃO, um sonoro e grande NÃO! Fique na sua, pois se você falar com alguém que não está ligado nesses assuntos espirituais, ou se tem uma fé diferente da sua, vai lhe chamar de doida ou impertinente, inconveniente, chata ou pior, de fanática.

“Mas então o que devo fazer? Assim eu me sinto uma alma missionária sem missão!” É outra pergunta recorrente nas recém almas despertas. “Puxa, eu estava pensando exatamente nessa questão! Como ele sabe disso”? É porque eu passei por tudo isso! É experiência própria! E estou lhes passando!

E a resposta da questão acima é NADA! APENAS SEJA VOCÊ. Você já tem uma alta vibração, inerente ao seu Eu Superior, ao qual você é ligado. Só isso já garante a sua contribuição para aumentar a vibração da humanidade, que é a principal razão de aqui estarmos: contribuir com a elevação da vibração do coletivo da Terra.

Mas se alguém se mostrar curioso com as questões espirituais, responda tudo o que já sabe, pois também temos a missão de esclarecer, mas só quando solicitado.

Você pode questionar: “mas e essa mensagem, não está impondo os seus conhecimentos sem que alguém esteja questionando”? Sim, ninguém questionou, mas não estou impondo, estou simplesmente escrevendo, e vocês tem o livre arbítrio de ler ou não, e mais, se ler, ainda pode discordar! Mas sei que vai ajudar muitas almas que recém despertaram, pois muitas delas procuram algo para se “sustentar” e não encontram, então aqui está uma pequena “bengala” para que possam iniciar as suas buscas sem ter que cair no ainda “desconhecido”.

Simples assim.

Bill Shalders, ou Comandante Amirom, ou quem sabe, o meu Eu Superior.

E assim é

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *