VAMOS ILUMINAR O ASTRAL DA TERRA,

Queridas almas irmãs

Ao ler uma mensagem dos irmãos cósmicos de ARCTURUS falando sobre a consciência coletiva, senti que devia explicar melhor esse tema, pois as suas implicações sobre a evolução de TODAS é real e bem significativa. Eu basicamente vou falar a mesma coisa, mas na linguagem terrestre, a linguagem mais fácil de todas entenderem, afinal eu sou bem racional, apesar de saber que somos todas, almas multidimensionais e cósmicas.

Todo e qualquer grupamento forma uma consciência coletiva, sejam os integrantes do grupo seres afins ou não, humanos ou não, ou seja, um grupo de animais também tem a sua “Consciência Coletiva”, assim como a humanidade, e até todo o conjunto de seres que vivem num planeta, seja ele qual for.

O conhecimento da existência das “Consciências Coletivas” não veio somente através das mensagens dos irmãos cósmicos, mas também foi certificada por experiências científicas. Tal experimento ficou conhecido como “O Centésimo Macaco”!

Por que desse nome? A experiência começou por observação do que aconteceu com grupos de macacos da mesma raça, mas que viviam em ilhas diferentes e longe entre si!

Os membros dessa raça de macacos tinham descoberto as batatas que as comiam depois de escavarem o chão para pegarem esses tubérculos/raízes. Eles as arrancavam e comiam diretamente. Um dia um macaco ao pegar uma batata, deixo-a cair num pequeno riacho, e a água desse riacho lavou a batata, retirando dela toda a terra agregada na batata. O macaco ao pegar essa batata e comê-la, sentiu que era muito mais gostosa do que as que não tinham caído no riacho, e passou a pegar as batatas e jogá-las no riacho antes de comê-las.

Os macacos aprendem por observação, então alguns macacos viram o que aquele macaco estava fazendo e começaram a fazer o mesmo! Quando esse gesto de lavar as batatas atingiu uma massa crítica, essa informação passou para a consciência coletiva daquela raça de macacos, e assim os macacos da outra ilha, sem contato físico algum com os que já lavavam as batatas, também começaram a lavar as suas batatas! E assim ficou provado a existência de uma consciência coletiva, a qual não é vista, mas que atua significativamente em tudo.

Os poetas, músicos e demais artistas “pegam” as suas inspirações nessa consciência coletiva da humanidade. Está tudo lá, mas para acessá-la é necessário entrar nela, o que é conhecido como “inspiração”! Eu sou um exemplo vivo, pois já compus música, escrevi poemas, pintei, desenhei e escrevi, e ainda escrevo sempre num estado próprio para acessar esse manancial de IDEIAS! As vezes o estado de concentração me leva a acessar as palavras de algum Ser cósmico que queira passar uma mensagem, e esse fenômeno é conhecido como “CANALIZAÇÃO”!

Vamos detalhar melhor esse processo. O que acontece comigo (não posso dizer sobre os outros, mas deve ser similar). Quando estou lendo ou pesquisando mensagens para postar no grupo, eu começo a entrar num estado de concentração, para poder ler e entender a ideia principal de cada mensagem.

Tal como agora, ao ler a mensagem dos arcturianos, explicada de uma maneira que somente os mais conhecedores da verdade espiritual poderiam pegar todo o sentido da mensagem, eu senti que precisava entrar em mais detalhes, esmiuçar mais, para TODAS pudessem entender.

As mensagens dos irmãos cósmicos nem sempre entram por esse caminho, para que não fique muito extensa e assim, fazer a alma preguiçosa deixar de ler toda a mensagem. Eu sei disso pois já recebi vários comunicados falando sobre isso! “Ah, eu deixei de ler tudo por ser muito grande!” E eu nem posso recriminar, pois as vezes eu faço o mesmo, mas só quando o assunto já é do meu conhecimento.

E por falar nisso, essa mensagem já está ficando extensa, mas não parem de ler! Pode parar, tomar um café, um copo d’água, um suco, falar com uma amiga, mas depois volte a ler, para entender como é esse processo.

Espero que quem não tinha conhecimento desse assunto, esteja acompanhando o raciocínio, principalmente os que sabem que são missionários, trabalhadores, sementes, guerreiros, etc., mas tem dúvidas sobre as suas missões. Esse artigo irá lhe trazer um grande desafogo, um alívio espiritual, porque vocês saberão que não é preciso grandes trabalhos em suas missões, e vão entender o significado de muitas mensagens que nos dizem que a nossa missão é : “BASTA SER VOCÊ”!

Somente alguns tem uma missão um pouquinho diferente, que é ser um canalizador, um incorporador ou um esclarecedor, ou tudo junto, mas sempre obedecendo a máxima: Basta ser você; também!

E você pensou, e acertou! Eu sou quase isso tudo. Eu não incorporo e canalizo somente em ocasiões muito especiais, quando “Eles/as” realmente necessitam, pois existem canais muito mais abertos do que eu. E sou grato por isso, pois não fico, como muitos que conheço, ligado a espiritualidade quase o tempo todo! É cansativo demais, e eu nem tenho mais condições físicas para isso! Lembrem-se que eu era para ter ido embora em out/2016, mas me deixaram aqui, mas com somente 46% do coração funcionando! Chega de lamúrias, e vamos em frente.

Ainda tenho leitores? Kkkkkkkkk

Então cheguei à ideia principal dessa mensagem/artigo, depois de explicar o que é e como acessamos a consciência coletiva, pois ela é a principal responsável pelos rumos que a civilização toma!

Quando qualquer alma, missionária ou não, desperta para a realidade espiritual desse mundo, ela muda a si mesma, passa a pensar e agir com mais luz e amor, o que influencia na consciência coletiva da Terra! De gota em gota, ou de grão em grão, a galinha enche o papo! E é isso que vai acontecendo com a consciência coletiva da terra. A cada despertar de uma de suas almas, essa “gota” de luz e amor interfere e se agrega na consciência coletiva, e a vibração frequêncial vai aumentando, a cada luz anexada!

É pura física quântica! E o rumo da civilização só depende  do nível consciencial atingido. Se conseguirmos atingir um quantum necessário para que não haja mais “limpeza energética” por Gaia, a passagem para a ascensão se dará suavemente.

Daí a importância das meditações coletivas, pois elas são potencialmente exponenciais, e quanto se atingi um número expressivo de participantes, a consciência coletiva recebe uma enorme emanação de energias de alta vibração frequêncial!

Atualmente o astral da Terra, que reflete a consciência coletiva da Terra, está como a figura acima, que é um cupinzeiro, ou seja, muita energia escura, mas com pontos de luz! Essa luz tem que aumentar e é isso que estamos fazendo.

E qual a diferença de uma alma que veio para a Terra em missão de somente evoluir, com as que vieram como missionárias. Somente as trajetórias, pois as que vieram em missão já evoluíram em outros planetas, e vieram aqui para serem as luzes do “cupinzeiro”, pois elas tem uma maior facilidade de despertar, pois a luz e o amor já fazem parte do seu ser, enquanto as genuinamente terranas, estão no processo de evolução, para adquirir essas luzes!

Então cada ser vivente na Terra, semente estelar ou não, são missionárias. Umas para evoluir e as outras para se descobrirem trabalhadoras da luz e contribuírem com a sua luz para ascender mais esse “cupinzeiro” no astral da Terra.

Então, o nosso futuro só depende de acendermos a nossa luz!

Fiquem na paz de Jesus.

Esta entrada foi publicada em Artigos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *